Wednesday, February 07, 2007

Haydn - o primerio romântico, trio com piano nº 44 Hob.XV:28

Este post é um tratado de Marketing, ao jeito dos melhores papers de economia. Anuncia algo grande, original, renovador, mas depois não confirma nem desmente, foge ou não sabe responder ao assunto que se propôs tratar. Não faço ideia se foi Haydn, Mozart, Beethoven ou Schoenberg o primeiro romântico. Mas que neste trio o Haydn pisca o olho ao Schubert... Ah, isso pisca sim senhor!!

2 Comments:

Blogger Joao said...

Os leitores do Fonógrafo foram habituados a carregar num botão e de imediato gozar e satisfazer a expectativa criada pelas promissoras palavras!

Senti-me bruckneriano, à beira do abismo, vazio... não se faz! ;)

Estou a brincar, o que quero dizer é obrigado, pá!

12:13 PM  
Anonymous Tatiana said...

aproveito para pedir desculpa pelo meu anterior insulto a Haydn,
enfim, nem todos tem o descaramento de Mozart, alguns precisavam mesmo compor para viver, e quando se viam com alguem mais virtuoso, resultava nisto...
O que sera que nao perdemos de Haydn...

1:29 PM  

Post a Comment

<< Home